domingo, julho 3, 2022

Latest Posts

Projeto Cidadão no Trânsito deve beneficiar 300 escolas em 2022

O programa Cidadão no Trânsito, da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), estima atender este ano 300 escolas das redes pública e privada, além de organizações da sociedade civil com finalidade educativa, sediadas na capital baiana.

De acordo com Mirian Bastos, gerente de Educação de Trânsito da Transalvador, o programa, fundado em 2013, é voltado à educação para o trânsito de estudantes do 1ª ao 9º ano, do Ensino Fundamental. Dividido em três eixos, o primeiro é o das ações operacionais, que ao longo de três semanas promove intervenções com materiais educativos, bonecos em forma de agentes de trânsito, vídeos promocionais e programas de rádio.

A proposta é orientar crianças e pais sobre as regras vigentes no trânsito, como o modo correto de atravessar a rua (segurando no punho e não a mão da criança), o uso do cinto de segurança e da cadeirinha, e a contratação adequada do transporte escolar, que deve ser feita exclusivamente por condutores e veículos credenciados pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob).

O segundo eixo do programa é o de promoção de eventos, como o concurso de desenhos infantis, chancelado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Unesco, bem como o projeto Embaixadores do Trânsito. Neste último, as crianças eleitas para a função têm a oportunidade de visitar a sede da Transalvador.

O embaixador também pode sugerir melhorias para o trânsito que circunda a escola onde estuda, sugerindo o remanejamento de um ponto de ônibus ou o reavivamento de uma faixa de pedestre, próxima à unidade de ensino. Em geral, o pedido é atendido pela superintendência, no início do ano letivo.

Palestras – O terceiro eixo realiza um ciclo de palestras lúdico-pedagógicas dentro das escolas. É adotada uma abordagem interativa e personalizada, de acordo com os perfis da turma e da área escolar, considerando, por exemplo, se o entorno da escola é tranquilo ou se é um “polo gerador de tráfego”, explica a gerente.

A primeira palestra deste ciclo será realizada na Escola Municipal Presidente Castelo Branco, localizada no bairro do Uruguai, na próxima segunda-feira (7), às 10h. Na mesma escola, mais uma palestra será ministrada no dia 10 de março, às 13h30. Nos dias 8 e 9 deste mês, às 14h, o Cidadão no Trânsito estará na Escola Ademir Adonai, em Brotas. No dia 15 deste mês, às 10h, será a vez da Escola Municipal Almerinda Costa, no Uruguai, ser contemplada com a palestra do programa.

A atividade é gratuita e pode ser incluída no projeto pedagógico da instituição de ensino beneficiada, reforçando o conteúdo de educação no trânsito. O programa já tem palestras agendadas em escolas até setembro. As instituições interessadas devem enviar ofício para o e-mail [email protected], ou por meio do telefone (71) 3202-9163, solicitando a participação.

Exemplo – “Educação é a mola mestra, pois tudo começa nos primeiros anos de escolarização, quando a criança vê e faz. Através desse programa, elas são incentivadas a se tornar cidadãs ativas, prudentes, que respeitam o espaço compartilhado, o direito do outro e valorizam a vida”, disse Mirian.

Ela destaca que o programa está alinhado com a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e com as políticas do governo federal, para educação no trânsito e redução de acidentes. A gerente avalia que o fato de Salvador ser a capital do Brasil com o menor índice de acidentes de trânsito, em áreas escolares envolvendo crianças matriculadas no Ensino Fundamental, sinaliza para o sucesso do programa.

Latest Posts

spot_imgspot_img

Don't Miss

Stay in touch

To be updated with all the latest news, offers and special announcements.