sexta-feira, julho 1, 2022

Latest Posts

Estudantes da rede estadual assistem a espetáculo de Deborah Colker no TCA

Um grupo de 800 alunos da rede estadual de ensino acompanhou, na tarde desta sexta-feira (8), uma apresentação especial do espetáculo ‘Cura’, da Companhia Deborah Colker, no Teatro Castro Alves (TCA). A iniciativa, promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), teve como objetivo potencializar a arte no currículo escolar dos alunos, abrindo novos horizontes a partir do contato com diferentes formas de expressão.

Aluna do segundo ano no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, Nicole da Silva nunca havia entrado em um teatro e, logo na primeira experiência, pôde conhecer um dos palcos mais importantes para a cultura do Brasil. “Eu sou apaixonada por arte e estou muito emocionada de estar aqui. Esse projeto é maravilhoso, porque dá oportunidade para que os estudantes também possam conhecer arte. A maioria dos meus colegas, que estão aqui hoje, falaram que nunca estiveram em um teatro”.

A iniciativa faz parte do Programa Conexões, promovido pela SEC. De acordo com o superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manoel Calazans, democratizar o acesso a componentes artísticos ajuda a tornar a escola mais interessante para os alunos. “Ao oferecer um currículo vivo, que toque na arte, na cultura, estamos dando um sentido maior para os estudantes e para o aprendizado. Além disso, é uma forma de dar acesso a um espaço transformador para que os estudantes possam expandir seus horizontes”, explicou.

Para a bailarina e coreógrafa Deborah Colker, associar arte à educação cria indivíduos mais capazes de lidar com o mundo. “Arte cria pessoas mais sensíveis, com um olhar crítico, com maior participação social e, principalmente, com maior determinação de transformar e de pensar e repensar a nossa sociedade. Então, eu acredito muito que essa conexão entre a cultura, a educação e a arte é muito importante. É muito bacana ter eles aqui”, destacou.

Os convidados são alunos dos colégios estaduais Duque de Caxias, na Liberdade; Marques de Maricá, no Pau Miúdo; Monteiro Lobato, em Fazenda Coutos; Polivalente San Diego, no Uruguai; Ruben Dário, na Avenida San Martin; Lomanto Junior, em Itapuã; Noêmia Rego, em Valéria; e Aplicação Anísio Teixeira, em São Marcos.

Viagem

Além dos alunos de Salvador, foram convidados estudantes do Complexo Integrado de Educação (CIE), em Ipiaú, localizado a cerca de 360 quilômetros da capital. O estudante Vitor Gonçalves, 15 anos, foi um dos jovens que fizeram a viagem para acompanhar a apresentação. “Valeu muito as seis horas de viagem. Mostrar a arte, a cultura para os outros, para quem também não tem a oportunidade, eu acho isso a coisa mais maravilhosa que tem”.

O espetáculo

Com trilha sonora assinada por Carlinhos Brown, ‘Cura’ teve estreia em setembro de 2021 e traduz uma série de pesquisas e sentimentos que desabrocharam na bailarina e coreógrafa Deborah Colker, a partir da imersão que fez em função da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), doença que tem o neto dela, Theo.

A Bahia fez parte deste universo de pesquisa e conhecimentos para que a ‘Cura’ fosse concebido. No estado, Deborah buscou conhecimento sobre o Candomblé, ouvindo personalidades como o coreógrafo baiano Zebrinha, e introduziu no espetáculo referências sobre o orixá da cura, que é Obaluaê.

Latest Posts

spot_imgspot_img

Don't Miss

Stay in touch

To be updated with all the latest news, offers and special announcements.